segunda-feira, 20 de março de 2006

 

Por falar em cinema...

Gostei muito do "Tempero da Vida". Um ótimo filme para quem gosta de cozinhar, mas melhor ainda para quem sabe que cozinha, poesia e vida se misturam saborosamente num banquete altruísta. Quem cozinha e faz poesia, o faz porque ama: os outros e a vida. Isto é coisa de quem ainda acredita que servir é amar. Coisa para poucos abençoados.
Gostaria de ter visto junto com o Rafa. Acho que ele gostaria. Apesar da pouca idade, já é poeta do cotidiano e está aprendendo a apreciar os temperos da vida. Tenho certeza de que ele gostaria do filme. Ainda lembro quanta surpresa me causou, ele ter me contado com tantos detalhes a trama de “
Simplesmente Marta”. Imagine, um menino de 06 anos... só pode ser poeta.
Acho que se ele assistisse ao filme, passaria a entender melhor as mulheres (principalmente as bonitas) e passaria a usar mais canela em suas receitas do dia-a-dia.

O filme me remeteu ao meu avô, Seu Zeba. Homem charmoso e bonitão (o mais admirado goleiro do Guarani de Mariana). Uma das minhas primeiras receitas, lá pelos 05 anos de idade, era coisa dele.
Ele cultivava tomates no quintal, como na época não se usava (ou não existia) catchup, ele deixava o tomate no pé até murchar, amassava com sal, açúcar, vinagre, mostarda e azeite. Depois comia com pão. Coisa pra gente de estômago forte e beijo doce.
Era um homem sorridente, vigoroso e com uma notória habilidade para encantar as mulheres.
Comprovei essa habilidade no dia em que, já bastante debilitado pela idade, levei-o para fazer exames clínicos. Enquanto ele contava seus casos para mim, com sua costumeira fala mansa, uma legião de enfermeiras foi se agrupando ao seu redor. Quando percebi, eu já não fazia parte do papo. Ele tinha mobilizado todas as enfermeiras do laboratórios em pleno expediente, sem fazer força ou ser assedioso.
Era um homem que sabia que o doce de leite da roça era bom, mas o de lata tinha o seu lugar.
Ele sabia que “a vida, como a comida, precisa de sal, também”.

Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?