terça-feira, 19 de dezembro de 2006

 
As loiras que me perdoem (não é nada pessoal, afinal muitos sabem da minha preferência por platinadas em geral), mas essa que escutei da Lú no Aniversário da Renata é muito boa (apesar de velha).

"Uma loira caminha pela Av. Bandeirantes e encontra uma antiga amiga...
- Oi fofa, tá sumida!!!
- Pois é, estava fazendo quimioterapia.
- Na PUC ou na Federal?"

Engraçado mesmo, foi a gargalhada do Geraldinho... um figuraça que usa camiseta regata papai-tá-de-férias, fala "puta merda, filho da puta" como se fosse uma expressão religiosa, coça o saco a todo momento e tem medo de barata... "-Medo não, eu tenho um puta pavor daquele bicho filho da puta de merda!"

Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?