domingo, 14 de maio de 2006

 

Boeuf Bourguignon

Ontem rolou um Boeuf Bourguignon. Ficou bom demais. Devido ao grande número de pedidos e elogios, achei por bem compartilhar a receita com os presentes e ausentes. (Veja abaixo)
Um convidado antecipado quando leu a receita, foi logo perguntando com ares de crítica e estranhamento natural: "-Você vai fazer com MÚSCULO?"
Claro! Comida campestre, rústica, para dar sustança, encher o buxo e espantar o frio! Mal sabia este amigo, que o prato escolhido foi friamente calculado de acordo com o seu perfil. Um cara rústico, "preparado para marmita" (como diz meu pai). O prato foi elaborado para agradar, principalmente este convidado que já havia criticado minha cozinha em outras ocasiões por ser muito sofisticada e "fusion demais". Lógico que não considei essas críticas com desagrado, sabia que era apenas uma incompatibilidade entre o seu perfil e pratos mais elaborados.
Mas dessa vez, sabia que iria agradar!
Ao final da tarde, já empanturrado com o "rango" e com a censura aberta por algumas cecés, este convidado declarou em tom polido: " - Pô velhinho, o rango tava bom demais. Foi o melhor que você já fez!" Estendeu a mão e me cumprimentou com um tapão (derrubando alguns copos como de costume).
Quando cozinho não busco elogios, acho que são resultados espontâneos da apreciação de uma comida feita com respeito e carinho.
Cozinhar é servir, tentar agradar o outro (uma coisa meio altruísta), não tem nada haver com o ego. Pura prática cristã do amor ao próximo. Cozinhar é dividir o pão. É temperar a vida do outro.
Terrível ter que explicar isso, né? Mas já fui chamado de soberbo, acusado de cozinhar para buscar a aprovação alheia... Triste. Para estes críticos, faço o convite para a próxima vez. Venha e sente-se na minha mesa. Você continuará a comer bem, comerá uma comida que faz bem, comida feita com amor. Um dia talvez, você perceberá que o gosto amrgo sentido nas refeições não era do prato degustado, mas de algum ingrediente produzido no seu âmago.

BOEUF BOURGUIGNON
Ingredientes
Carne

1 kg de carne de músculo, coxão mole ou alcatra
30 g de farinha de trigo
30 ml de óleo de milho
1 litro de caldo de carne
1 garrafa de vinho tinto (Bourgogne)
100 g de cenoura em cubos
100 g de cebola em cubos
2 dentes de alho picados
1 bouquet garni
1 colher (sopa) de extrato de tomate
2 colheres (sopa) de salsinha picada
sal e pimenta-do-reino preta
Guarnição bourguignonne

150 g de cebolinhas miúdas
2 colheres (sopa) de açúcar
150 g de bacon em cubos
30 g de manteiga
Modo de fazer
Carne

Limpe a peça de carne, retirando os nervos e a gordura. Corte em cubos de 50 a 60 g cada. Tempere com sal e pimenta-do-reino preta. Coloque o óleo em uma panela grande e leve ao fogo. Quando ferver, doure a carne. Junte a cebola, a cenoura e o alho e refogue mais um pouco. Polvilhe com a farinha e deixe cozinhar em fogo baixo por mais 5 minutos. Acrescente o extrato de tomate, o vinho tinto e o bouquet garni. Cozinhe por mais 10 minutos para retirar a acidez do molho. Adicione o caldo de carne, tampe a panela e deixe cozinhar por 2 horas, em fogo baixo, mexendo de vez em quando. Quando a carne estiver cozida, separe os cubos de carne e o bouquet garni. Passe o molho pela peneira. Leve o molho de volta à panela e junte os cubos de carne.
Guarnição bourguignonne

Descasque as cebolinhas. Coloque-as em uma panela rasa com o açúcar e a manteiga. Cubra com água e deixe cozinhar até que a água se evapore e as cebolinhas fiquem caramelizadas. Reserve. Doure o bacon na manteiga em uma frigideira. Acrescente os cogumelos frescos e refogue por alguns minutos. Junte as cebolinhas e retire do fogo.
Acompanha

Batatas cozidas ou talharim fresco.




Comments:
Você e seus comentários sempre especiais. Um verdadeiro presente. Obrigado. Pelo comentário e pela receita também. Huuuummmmmmmmmm!
 
e pra quem fica longe, e nem sente o cheiro dessa comida? ( feita com amor, sem dúvida alguma) o que tu receita???
beijo
 
Kiko, não sabia se ria ou chorava... se ria pq vc é uma peça ou se chorava pra compartilhar do seu sentimento.

Mas, olha, qualquer hora, vc faz um prato especial pra Dé e eu que a gente dá nosso aval, viu?!

Beijos

P.S.: Sei que vc passou no meu blog esses dias, mas tem já textim novo lá! Bjo
 
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
 
Eu já imprimi, e vou fazer igualzinho...hummm que fome!!!
Depois te conto!!!
 
Oba! Amigos reunidos na Boa Vista neste findi!
Dessa vez pode vir tranquilo... não vai ter que trabalhar, o almoço é por conta da Dona Almira! E a noite vamos ver a Betânia em Mariana! Quem sabe um mexidão na madruga???

Adorei a recepção! Vcs são tri!

Esqueci de te falar... arranjei um emprego pra ti em Noronha e não é na agência do Banco Real rsrsrs. Depois lhe mando a foto do seu local de trabalho
see you
 
estou numa fase péssima, me enrrolo todo pra fazer miojo!!
quanto ao amaciante, era azul mesmo!!! hehehehe
um abração!
 
HHhhmmm q delicia! Pena que nao como carne.. Hahaaha.. Mas vc já sabe fazer o que eu gosto, né... (to falando de comida mesmo tá..)
kkk.. hj to atrevida que só... ai ai ai..
bjossss
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?